domingo, 4 de abril de 2010

Na retina dos olhos teus


Na retina dos olhos teus




Quando a saudade chegar
e você me procurar
irá encontrar-me no vento
que sopra em teus cabelos
Na brisa aromatizada
que vem do mar
Na lua que prateia
todo o universo
No poema de um romântico
e audacioso poeta
Nas estrelas que refletem
tua imagem
E eu...
Eu me encontrarei na
retina dos olhos teus

Julian
04/04/10

Um comentário:

NELLY disse...

Linda e doce poesia....
Parabéns, poeta.

Abraço-te!

Postar um comentário