domingo, 4 de abril de 2010

Solidão



Solidão



Acordo na calada da noite
Angustiado sinto o toque
de suas mãos em meu corpo...
Febril de saudades
choro a dor da tua ausência...

Julian
04/04/10

Um comentário:

NELLY disse...

Muito triste chorar a ausência do ser amado.

Amei teu blog e tuas poesias.

Postar um comentário